Rastreio neonatal alargado: 80% das regiões prontas

Aumenta a cobertura para rastreio neonatal alargado para detecção precoce de mais de 40 doenças metabólicas e hereditárias: 18 regiões prontas para iniciar o teste




Rastreio neonatal alargado: 80% das regiões prontas



Aumento da cobertura de todo o país para a realização da triagem neonatal ampliada para a detecção precoce de doenças metabólicas e hereditárias: de acordo com o primeiro monitoramento realizado pelo Centro de Coordenação de triagem neonatal (CCS) sobre o estado de aplicação da arte teste neonatal nas várias regiões italianas, de fato, parece que atualmente existem 18 regiões prontas para começar a triagem.
Há dois anos a lei

O levantamento cognitivo foi realizado pelo Ccs após a entrada em vigor da Lei 167/2016, que incluiu testes para identificar mais de 40 doenças metabólicas e hereditárias nos exames a serem realizados no nascimento: desde então 18 regiões foram Italiano - ou 80% do total - para tomar medidas para iniciar o programa de triagem neonatal estendido.
Rápido e seguro

O programa prevê que todos os recém-nascidos sejam submetidos gratuitamente a testes simples realizados em algumas gotas de sangue retiradas do calcanhar nos primeiros dias após o nascimento: tanto a triagem básica para as três doenças que até o ano passado eram as únicas obrigatórias (fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito e fibrose cística ), e a triagem neonatal estendida a mais de 40 patologias pode ser realizada com a mesma amostra de sangue. A amostra de sangue é coletada antes da alta e a amostra de sangue é enviada para os centros de triagem neonatal de referência.
O novo Lea

Os testes para realizar a triagem neonatal estendida para a detecção de doenças metabólicas e hereditárias estão indicados na Lei de Direito Civil 167/2016 e foram incluídos nos novos níveis essenciais de assistência (Lea), ou os serviços e serviços que o Serviço Nacional de Saúde é obrigada a fornecer todos os cidadãos gratuitamente ou por uma taxa (bilhete). As novas Leas aprovadas em 2017 estão contidas no Decreto Ministerial de 12 de janeiro, que substitui integralmente o Decreto Ministerial de 29 de novembro de 2001, que definiu o Lea pela primeira vez.
Desempenho uniforme

"O levantamento desenvolvido pelo Ccs ao qual responderam todas as Regiões - explica o Ministério da Saúde em um comunicado - foi o primeiro ato da Atualização do Comitê Lea, realizado após a aprovação da Lei que previa a sua criação. O próximo passo será iniciar um diálogo com as Regiões para a implementação desta importante lei, a fim de garantir uniformidade em todo o território, bem como elevados padrões de qualidade na sua aplicação ".


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *